quarta-feira, 30 de junho de 2010

Sintomas Bioenergéticos


Pegando carona num tópico onde que está relacionando sensações energéticas, achei interessante e útil pegar esse matérial que está num forum da comunidade Senzala & Natureza, e trazer pra cá. Pode ajudar a esclarecer dúvidas que surgiram na comunidade.

"Definição e classificação ; sintomas bioenergéticos.

A expressão “sintomas bioenergéticos” foi criada por Wagner Borges para designar as reações físicas decorrentes da movimentação de energias no campo energético humano. Podem ser mais ou menos intensos, dependendo do nível de sensibilidade energética de cada um.

Como se tratam de reações muito comuns e percebidas por muitas pessoas, devem ser observados com muita atenção e considerados de fundo energético e/ou espiritual somente quando todas as possíveis causas físicas e/ou psicológicas já tiverem sido descartadas, inclusive por meio de exames médicos.
Wagner Borges descreveu 50 sintomas bioenergéticos já observados por ele em sua experiência espiritual de muitos anos. Dentre estes, destacamos os mais comuns:

- arrepios – são neutros e acontecem quando há interação energética com entidade desencarnada mais densa. Podem ser causados também por pequenas descargas energéticas no duplo etérico.

- sensação de inchaço (localizada ou generalizada) – também conhecida como ballonement, é bastante positiva e acontece quando há expansão da aura, indicando presença de muita energia.

- bocejos – são positivos e indicam movimentação energética no chacra gástrico ou umbilical, para doação de energias, especialmente ectoplasma, para assistências extrafísicas. Também podem ser provocados pela ativação espontânea dos chacras cardíaco e laríngeo.

- calor nas orelhas – é negativo e, confirmando a sabedoria popular, indica captação de energias negativas projetadas por encarnado ou desencarnado, as quais repercutem nas orelhas.

- calor e/ou frio nas extremidades – são positivos e indicam movimentação de energias para doação. Podem também indicar mediunidade e podem acontecer de um ou dos dois lados do corpo.
- choro – é negativo e indica sintonia com desencarnado psicologicamente deprimido.

- coceira – é negativo e indica sintonia com desencarnado em desequilíbrio, geralmente suicida. Pode também indicar acúmulo excessivo de energias.

- enjôo – pode ser positivo, indicando movimentação energética na região do gástrico, para doação de ectoplasma; ou negativo, indicando sintonia com entidade com problemas nesta região.

- formigamento – é positivo e indica movimentação natural de energias.

- lacrimejamento – é positivo e indica reação intensa do chacra frontal às energias do ambiente. Pode acontecer em um ou em ambos os olhos e pode ser antecedido de ardência.

- tremores e/ou movimentos involuntários – são positivos e indicam movimentação energética no duplo etérico ou nos chacras.

- pressão na nuca – pode ser positiva, quando de dentro para fora, indicando aumento de atividade e pulsação do chacra existente nessa região; ou negativa, quando de fora para dentro, indicando atuação obsessiva consciente de desencarnado, sendo acompanhada de mal-estar e depressão.

- pressão na testa e/ou no alto da cabeça – pode ser positiva, quando acontece de dentro para fora, indicando atividade dos chacras da cabeça; ou quando acontece de fora para dentro, indicando manipulação de amparadores/mentores, ativando os chacras dessa região; mas pode também ser negativa, quando de fora para dentro, indicando atuação obsessiva com fixação de energias mais densas nessa região, causando tontura e mal-estar.

- pulsação e/ou alteração de temperatura na testa – são positivas, indicando ativação do chacra frontal.

- ruídos nos ouvidos e/ou dentro da cabeça – são positivos e indicam aceleração energética do duplo etérico, especialmente na região da glândula pineal, em geral precedendo a projeção da consciência ou o transe mediúnico.
- sonolência e/ou torpor – podem ser positivos, indicando diminuição do metabolismo para desintoxicação energética ou doação de energias e ectoplasma; ou negativos, quando acompanhados de mal-estar, suores ou enjôo, indicando vampirismo.

- tontura – pode ser positiva, indicando soltura e/ou descoincidência do duplo etérico, especialmente em médiuns; ou negativa, indicando bloqueio nos chacras coronário e/ou da nuca, ou atividade parapsíquica desequilibrada.

SINTOMAS BIOENERGÉTICO E MEDIUNIDADE

Sendo reações naturais, espontâneas e involuntárias dos nossos corpos às energias à nossa volta, sejam elas do ambiente, de encarnados ou de desencarnados, os sintomas bioenergéticos podem ajudar muito os médiuns não só a conhecer melhor a sua própria sensibilidade energética, como também a perceber e identificar desencarnados, dentro ou fora de trabalhos mediúnicos.

Muitos amparadores/mentores também os usam como ferramentas para o desenvolvimento e o treinamento da mediunidade, provocando-os deliberadamente nos médiuns ainda inexperientes na manipulação e identificação de energias.
Embora nem todos os sintomas bioenergéticos sejam sintomas de mediunidade, alguns podem ser bons indicadores, enquanto outros podem ser precursores, desaparecendo mais tarde, quando o médium já está mais equilibrado e seguro."

O material acima faz parte do acervo do Instituto IPPB, por Maísa Intelisano.

Postado pela Ana na comunidade Amigos, Umbanda e Espiritismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário